Gestão otimizada: como desenvolver ações para aproveitar ao máximo os recursos da sua Central de Materiais e Esterilização.

Você sabe o que é gestão? E otimização? Conheça a definição dessas duas palavras e entenda o que é a “gestão otimizada”, um conceito de gerenciamento essencial para que seja possível garantir a excelência dos serviços prestados por uma instituição e assegurar seu desenvolvimento contínuo e saudável.

O que é gestão?

Quando falamos de administração estamos nos referindo ao processo que trata dos problemas típicos da empresa, como os recursos financeiros, recursos patrimoniais e recursos humanos. Já quando falamos de gerenciamento estamos tratando de níveis específicos da organização, como departamentos ou divisões – como marketing, produção, projetos, etc.

Mas, a gestão, diferente das outras definições citadas, trata de níveis especializados, tanto no que diz respeito à administração quanto ao gerenciamento. Em projetos, por exemplo, podemos citar a gestão dos custos, gestão da qualidade gestão dos riscos, entre outros.

A gestão possui então uma relação direta com a capacidade de conduzir, da melhor forma possível, os recursos financeiros, materiais, humanos e tecnológicos que uma instituição possui ao seu dispor e, nesse sentido, a função de um gestor é garantir que todos esses recursos sejam aproveitados ao máximo a fim de que objetivos da instituição sejam alcançados e o funcionamento de todos os processos seja pleno.

E para que isso seja possível, é necessário um trabalho constante de aprendizado e de busca por inovação para que os processos e atividades possam ser constantemente aperfeiçoados de acordo com as novas tecnologias e metodologias disponíveis no mercado.

Em outras palavras, a gestão é responsável por garantir o bom funcionamento das instituições, o que inclui planejar, de forma efetiva, eficaz e eficiente, as ações que devem ser tomadas para alcançar os objetivos e, também, diagnosticar e resolver problemas que sejam empecilhos para o alcance das metas da organização.

O que é otimização?

Em poucas palavras, podemos afirmar que “otimização” é “produzir condições apropriadas para o melhor desenvolvimento de alguma coisa” ou “ação de melhorar um processo, um programa, um sistema etc, fazendo com que os mesmos funcionem da melhor maneira possível”.

Nesse sentido, não é errado afirmar que praticamente qualquer coisa pode ser otimizada: o tempo, processos, atividades, programas, entre outros. Até mesmo a própria produtividade pode ser otimizada, afinal, otimizar algo significa “torná-lo ideal” através de ações orientadas para extrair o maior e melhor rendimento possível. Ou seja, “otimização” é a busca pela excelência.

E para que seja possível alcançar essa excelência é necessário estabelecer métodos e prioridades que tenham como objetivo final obter o aproveitamento máximo de recursos para um maior desempenho na busca pela obtenção dos melhores rendimentos.

Então o que é a gestão otimizada?

A gestão otimizada é a combinação entre esses dois conceitos, ou seja, administrar os recursos da organização de forma que eles sejam aproveitados ao máximo para simplificar os processos e atividades e, assim, oferecer os melhores resultados enquanto promove a economia de tempo e a redução de custos.

Então, a aplicação da gestão otimizada deve mapear todos os processos que são executados para que seja possível padronizar rotinas, identificar e eliminar de falhas e promover as Boas Práticas e, através delas, eliminar erros, desperdícios e tarefas desnecessárias para a melhoria dos métodos de trabalho, proporcionando resultados excelentes.

Essa prática pode garantir diversos benefícios para um hospital, como:

  • Otimização de custos

Com o uso da tecnologia e de processos internos otimizados é possível ter maior controle de, por exemplo, insumos e serviços, o que tem como consequência a otimização dos custos operacionais.

  • Aumentar a capacidade de atendimento

Com uma gestão otimizada é possível automatizar processos e diminuir consideravelmente os trabalhos manuais, o que agiliza diversas atividades e garante a possibilidade de aumento na capacidade de atendimento.

  • Melhora na qualidade do trabalho e atendimento

Com o foco na inteligência e otimização de processos o dia a dia de profissionais se torna menos complexo, o que permite que mais materiais sejam processados, mais consultas sejam realizadas, menos erros aconteçam e mais tempo possa ser dedicado ao atendimento dos clientes da saúde. Em resumo, através da tomada de decisões racionais fundamentadas na recolha e tratamento de dados e informação relevante, a gestão otimizada garante que todos os processos de determinada área sejam executados com o máximo de qualidade e o mínimo de desperdício de recursos, o que inclui não apenas insumos e materiais, mas também o tempo dos profissionais, e assim contribuir para o desenvolvimento saudável da instituição, atendendo todos os interesses e necessidades que ela possuir.